sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

NGUZU//MUTAKALOMBO


Nguzu e Mutakalombo, falaremos sobre essas duas Divindades e não de outras Divindades semelhantes, pois as Divindades do panteão Bantu, diferem-se dos Orisá (Orixás) Nagô/Yorubá. Nossos Minkisi e Akixi não possuem raças nem qualidades, são únicos e independentes..... Como já foi dito na primeira postagem sobre Pambu Njila, lá em África Bantu, nossas Divindades eram cultuadas e louvadas por regiões, cada tribo cultuava uma única Divindade..... aqui no Brasil, por necessidade, nossas Divindades passaram a ser cultuadas em uma unica casa (INZO) e assim grupos familiares de Divindades parecidas, acabaram surgindo, pois foi necessário o culto das mesmas em uma mesma casa (Bakisi), em um mesmo espaço físico.
Nesse grupo de Divindades semelhantes, existem Divindades que caçam em terra, que caçam em água, que pescam, que pastoreiam animais, que estão ligadas a agricultura, no plantio e também na colheita, assim sendo, são atribuídos a esses Deuses, o poder sobre ter ou não, os alimentos necessários para o abastecimento das tribos...... são louvados e evocados para que a tribo seja abençoada, com a fartura dos alimentos e também com a carne da caça!

Cada uma dessas Divindades são únicas......Se diferem também em suas origens, pois temos Divindades oriundas do Kongo e outras Divindades oriundas de Angola.
No caso da Divindade Nguzu das tradições Bantu, essa Divindade é comparada erroneamente em alguns aspectos ao Orisá Oxossi dos Nagô Yorubá-Ketu.

Por ser uma Divindade caçadora (Mukongo), abastece com fartura de carnes o povo de sua tribo.... "o mukongo (caçador) que se alimenta da própria Mutakalomba Xitu (carne de caça)".
Os nativos Bantu que tinham Nguzu como seu Deus, antes de saírem para tentarem a sorte nas florestas em busca da caça, faziam louvações e ofertas a essa Divindade para que suas empreeitadas nas florestas fossem coroadas de êxito, e assim sendo poderiam abestecer toda tribo em abundância.

Divindades que habitam as florestas (Nfinda) e montanhas (Mulundu)....
Divindades conhecidas entre os nativos Bantu, como os SENHORES DA ESCURIDÃO, pois seus reinos ficam no interior das densas florestas, onde, devido a intensa vegetação e árvores gigantescas, os raios do sol não penetram.

Divindade hábil/astuto (Uarimuka). Quando toma seu filho em possessão, sua mukini (dança - bailado) se dá a impressão que está em plena caça.
Nguzu e Mutakalombo (O grande caçador), estão ligados a força dos caçadores e caça, para a subsistência através da alimentação dos povos Bantu, através da carne.

Divindade que atua na base da espinha, é nela que se situa a parte do equilíbrio.

2 comentários:

kasingwe disse...

ola kiretauã, gostei muito das postagem que tem colocado eu seu blog, tenho de uma certa forma aprendido um pouco mais sobre nossa nação, digo nossa, pois tbém sou um cervo dessa grande nação, tenho uma casa em parelheiros aonde procuro ao maximo seguir os preceitos dessa gloriosa nação
parabéns pelas postagens
continue escrevendo
um abraço

Jacilene Jaci disse...

Amei, ter aprendido um pouquinho mais 💐 !

Jacilene Maria jaci,